Que Vinho Fica?

Dos brancos passando aos Rosés até aos Tintos, esse foi o nosso percurso no cursinho de iniciação á prova de vinhos.

O vinho define-se pela sua intensidade e complexidade, como já escrevi algures. O mais engraçado é que o bebia sem lhe efectuar uma prova mais consciente, era mais gosto ou não gosto, e sempre me disseram que só gostava do muito bom, bons vícios ou maus hábitos.
Pois mas afinal existem muitas coisas mais.
Toda a análise é feita com a memória do palato e a olfactiva do nosso cérebro o qual se complementa com as sensações da boca.
Quanto á boca, é preciso estar igualmente atento, para entender o ataque que é feito á mesma, pela amargura, acidez, doçura, persistência, pontos estes que actuam em locais diferentes da nossa língua, bem seja ela qual for na europa ou no mundo! hihi e para que não morra pela boca...

Diz-se que vinho branco é para peixes e tinto para carnes, rosés nem sei, deve ser para o lanche, isso está ultrapassado, afinal foi o que fiz, jantei peixe com vinho tinto, bem certo que as entradinhas agarravam bem qualquer tinto, por isso comi primeiro o cherne e depois comi o vinho também.

Amigos para partilhar o copo de vinho são importantes, são eles que nos memorizam aquele vinho, fruto de um agradável encontro com boa companhia, geralmente é isso que faz recordar o que bebi e este eu não vou esquecer!!!

Temos de abrir mais garrafas!! tchim tchim ;) me.
.................................................. another drink

A minha companheira de curso não poderia relatar melhor o evento!
Temos certificado e tudo!
.
Até tivemos um Alentejano arisco às minhas provocações!
A plateia era maioritariamente preenchida por alunos do primeiro ano do Instituto (Agronomia), o que não ajudou muita à partilha de experiência (especialmente as olfactivas, pois eles eram mais cerveja e leite…), mas tínhamos um canto de peso, de nariz “afinado” (e “alguns” pró vermelho ;)
.
Aprendi algumas (poucas) coisas. Afinal era o nível “zero”, apesar das incursões pelo nível “1” e “2”… acima de tudo fiquei cliente dos próximos cursos! Até porque os cursos de jardinagem também vão ser lá! :)
.
Sobre a escolha de vinhos para acompanhar “pratos”, efectivamente diz-se muitos disparates! Ou não, porque acima de tudo o que interessa são os “gostos”, e esses, não se discutem! ;)
.
A aula prática (no restaurante Jacinto) foi o corolário do evento!
Além dum “Cabrito à Padeiro c/ arroz de miúdos (:D), e o vinho já mencionado, os amigos foram o “prato” principal!Como a “me” disse e muitíssimo bem, seja o primeiro de muitos, são os meus votos!
.
À Nossa! ;D

8 comentários:

© disse...

só workshops........ e trabalhar, não?
:D

Lança disse...

Fartamo-nos de trabalhar com a língua e com o nariz! :p

me.lx disse...

eu tive direito a um "rouge" especial

© disse...

que vida tão boa!!!!

acho que vou viver para aí.... :)

me.lx disse...

ci.bi... há sempre espaço para mais alguém :)

Lança disse...

me,
Achas que temos espaço suficiente para tão grande realeza? ;D

© disse...

:)

sou pequenina.

me.lx disse...

Puxa então não!...
Se cabe cá a fina nata da "Real Realeza" portuguesa e os seus descendente directos, porque não, omessa. ;)

Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin