Tiramissu

Tira-me isso da frente!
É o que costumo dizer, porque é simplesmente irresistível.

Esta é a minha versão creme, já que não cozo as gemas em banho-maria como na receita tradicional e adiciono as claras batidas em castelo.

Outra das coisas que não utilizo são palitos de la reine ou de champanhe, mas sim o pão-de-ló de água cortado em fatias longitudinais, porque o cozo em forma de bolo rectangular.

Tanto faço a outra versão, gemada alcoolizada cozida em banho-maria e sem claras em castelo e digo-vos que ambas desaparecem num ápice lá por casa.

Assim para uma travessa média são precisos:

. 1/2 receita de Pão-de-ló D'água . 300gr de queijo mascarpone . 2 dl de natas frescas batidas . 3 ovos . 3 chávenas de café expresso forte . açúcar banco 4 colheres de sopa . açúcar amarelo 4 colheres de sopa . açúcar em pó 2+2 colheres de sopa . Aguardente velha ou brandy 4 colheres de sopa . 100 gr de chocolate amargo raspado . cacau ou chocolate em pó para polvilhar Q.B.

Batem-se as natas com 2 colheres de sopa rasas açúcar em pó para fazer um chantilly não muito doce, reserva-se.

Numa taça batem-se muito bem as gemas com açúcar até uma massa cremosa e esbranquiçada de seguida acrescenta-se a aguardente aos poucos continuando a bater, reserva-se.

Batem-se as claras em castelo e reservam-se também.

Noutra taça grande despeja-se o mascarpone adiciona-se o açúcar amarelo bate-se logo de seguida acrescenta-se o chantilly já preparado incorporando bem por fim acrescenta-se as gemadas já com a aguardente incorporada mistura-se tudo bem.
Por último adicionam-se as claras já batidas em castelo e leva-se ao frigorífico antes de enformar.

O café deve estar frio para quando se ensopar não desmanchar em demasiado a base do bolo.

Entretanto cortam-se as fatias do pão-de-ló no sentido longitudinal o mais fino possível.

Numa travessa rectangular vai-se montado este doce por camadas, começando por forrar com a fatia ou fatias de bolo e ensopando-o com café, de forma a molhar todo o bolo uniformemente em vez de verter a chávena é preferível ir colocando pequenas colheradas de café, que também pode ser adocicado com 1 colher de sopa de açúcar, opcional.
Depois do bolo ensopado, uma camada do creme de queijo e por último o chocolate amargo raspado finamente, e assim sucessivamente até acabar.
A última camada deve ser o creme de queijo com o chocolate raspado por cima e como acabamento polvilhar com cacau ou chocolate em pó.

Para a quantidade que dei deve dar para duas camadas numa forma pequena com cerca de 20x12x6 cm.

E assim se faz este ensopado italiano, trabalhoso mas delicioso, aliás é considerado um dos melhores doces do mundo como tal também desta cozinha.

Aqui fica um pouco de Itália, com imensas calorias...

by me.

4 comentários:

Pratos da Bela disse...

Hummmmmmmm
que aspecto maravilhoso,
posso me servir?
é que quero...
Jinhos fofos

SoraiaSilva disse...

Só coisinhas boas nesta cozinha :p
Nham nham
Beijinhos*

Paula disse...

Que delicia... nham nham nham

me. disse...

Como já disse;
"tiremisso da frente", mesmo!

É um pouco trabalhoso mas um verdadeiro sucesso, garanto.

nahm nhamm :)

Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin